Ir direto para menu de acessibilidade.

GTranslate

Portuguese English Spanish

Opções de acessibilidade

Início do conteúdo da página

A Forja 86

Acessos: 703

TEMAS TRATADOS NESTA EDIÇÃO

Viatura Blindada de Combate de Engenharia UBIM

Viatura Blindada de Combate de Engenharia CZ-10/2E Alacran

Viatura Blindada de Combate de Engenharia Wisent 2

Viatura Blindada de Combate de Engenharia Trojan

 

Viatura Blindada UBIM - RÚSSIA


Amanda Iung
Acadêmica do Curso de Comunicação Social-Habilitação em Jornalismo da UFSM

 

Em agosto de 2018, foi lançada a nova Viatura Bindada Multipropósito do Exército Russo nomeada como UBIM (Universalnaya Bronirovannaya Inzhenernaya Mashina). O veículo, projetado e desenvolvido pela Uralvagonzavod, empresa líder na fabricação de veículos pesados de combate na Rússia, foi apresentado ao público durante o Fórum Técnico Militar Internacional, em Moscou.

 

Figura 1: Viatura UBIM
Fonte: www.otvaga2004.ru

 

Pouco depois do lançamento, o blindado foi apelidado, pela mídia do país, como “Battle Scorpion” (Escorpião de Batalha). A nomenclatura faz referência a silhueta considerada agressiva do veículo que, além de possuir uma lâmina, também é equipado com um “stinger”, peça que lembra a cauda de um escorpião e, na viatura, é utilizada para limpar entulhos.

O UBIM utiliza o chassi do carro de combate T90, veículo de blindagem reforçada, com 52 toneladas, motor de 1.130 cavalos e avançados equipamentos de comunicação. A viatura foi projetada para realizar operações de resgate, reparo e limpeza de obstáculos, além de ser capaz de remover minas no compartimento de contato. Nesse sentido, se diferencia dos modelos anteriores, pois consegue exercer a atividade de remoção das minas e pedregulhos mesmo sob fogo inimigo. A maquina é capaz, ainda, de operar em áreas radioativamente contaminadas.

A parte frontal do blindado é equipada com uma lâmina de 4,5 metros de largura, responsável pela remoção dos obstáculos. A peça pode ser substituída por um martelo hidráulico, destruindo, assim, fortificações pesadas.

O UBIM abriga uma tripulação de um motorista e um operador, porém, tem a opção de comportar mais três militares adicionalmente. A viatura é equipada com uma metralhadora de 12,7mm. O armamento é controlado remotamente pela tripulação e possui canais de imagens térmicas e de televisão, bem como um telêmetro a laser, permitindo o reconhecimento do inimigo, em qualquer circunstância, em uma distância de até 5km.

Em relação ao sistema de comunicação, o UBIM é equipado com um transmissor de rádio que pode operar em uma distância de até 20km de seu ponto de referência.

 

DIMENSÕES, PESO E MOBILIDADE

 

Peso

Velocidade

52 toneladas

60 km/h

Capacidade do guindaste

Motor

7,5 ton

V-92S2F 1130Hp

Capacidade de limpeza de campo de minas

Guarnição

350 a 450 m/h

2+3

Velocidade de limpeza de campo de minas

Autonomia

12 km/h

500 km

 

Viatura Blindada Alacran - Espanha


Bárbara Elisa Marmor da Silva
Acadêmica do Curso de Comunicação Social-Habilitação em Jornalismo da UFSM

 

No início dos anos 1990, o Exército Espanhol recebeu, através do Tratado sobre as Forças Armadas Convencionais na Europa (FACE), 50 carros de combate M60, do modelo A1. As viaturas faziam parte do excedente de carros usados pelo Exército Norte Americano na Alemanha. Entretanto, devido ao mau estado de conservação e a obsolência de algumas funções dos veículos, que não possuíam sequer direção automática de tiro, os carros foram armazenados à espera de adaptações e especializações.

 

Figura 2: Viatura CZ 10/25E
Fonte: www.military-today.com
 

As melhorias iniciaram em dezembro de 1996, com a assinatura de contrato entre o Ministério da Defesa e a empresa Peugeot - España, S.A, responsável por transformar os 38 veículos de combate M60A1, em Veículos Blindados Especializados de Engenharia. Assim, nasciam os carros “Alacrán” CZ-10/25E, veículos únicos no mundo e capazes de realizarem a tarefa na frente combate. As outras 12 viaturas recebidas pelo exército Espanhol se transformariam, mais tarde, em blindados lança ponte, a partir do modelo de ponte alemã Leguan.

Embora o desenho do Alacran siga a estrutura tradicional do modelo M60A1, mantendo a divisão entre compartimento do motorista, de combate e do motor, foram feitas algumas reformulações para o novo veículo. Sua dianteira é equipada com uma lâmina dozer, capaz de realizar escavações, como também operar como âncora estabilizadora. O blindado é equipado com um guincho em sua parte traseira. O acessório é capaz de elevar 25 toneladas de carga, característica que pode ser duas vezes aumentada (50t), com ajuda de blocos de polia.

A VBE Eng é operada por uma tripulação composta de três militares. Ao comandante cabe a função, entre outras, de operar a escavadeira Case Proclan, instalada no carro em substituição ao canhão original do M60A1. Para funcionar, a escavadeira utiliza a energia do motor principal. O acessório possui um alcance transversal de 360º, e seu braço pode chegar a uma altura de 7,2 metros, além de realizar escavações de até 2,75 metros de profundidade. A pá escavadora é capaz de mover até 430 litros e levantar a carga máxima de 7 toneladas. Em situações específicas, a pá pode ser substituída por britadeira ou ferramenta de corte.

O sistema de comunicação funciona a partir do equipamento digital PR4G Mod2, cuja conexão de frequências se dá através de antenas, telefones externos e sistema intercom entre os três tripulantes do carro.

Além disso, o Alacran é armado com uma metralhadora M-85, de 12,7mm, localizada na cúpula do blindado. A tripulação possuí, ainda, oito granadas de mão, dois lançadores de granada descartáveis modelo C-90C e três rifles de assalto dos modelos FUSA CETME LC ou G-36E. O comandante do carro dispõe de um periscópio intensificador de luz, modelo M-36E1, utilizado tanto para observação como também para exercícios de tiro diurno e noturno.

 

DIMENSÕES, PESO E MOBILIDADE

 

Peso

Velocidade

53 ton

45km/h

Comprimento

Motor

9,1 m

AVDS-1790-2 750 hp

Largura

Guarnição

4 m

3

Altura

Autonomia

4m

450 km

 

Viatura Blindada Wisent 2 - Alemanha


1º Sgt Krusche – CI Bld

 

A Viatura Blindada Especial de Engenharia Wisent 2 é um dos veículos de suporte blindado mais avançados do mundo, que pode ser usado como um veículo blindado de resgate ou um veículo de engenharia blindado. Foi desenvolvido pela empresa Alemã Flensburger Fahrzeugbau Gesellschaft (FFG) em 2009, com base no carro de combate Leopard 2, para atender os requisitos operacionais em áreas hostis como Afeganistão e Iraque. Além da Alemanha, também possuem a viatura o Canadá, Catar, Noruega e Emirados Árabes.

 

Figura 3: Viatura Winset 2
Fonte: www.ffg-flensburg.de
 

O Wisent, que possui um moderno equipamento de recuperação e engenharia com operação hidráulica, pode ser empregado em missões como a recuperação, reboque de veículos e equipamentos danificados, engenharia militar e operações de remoção de minas em cenários hostis. Por possuir plataforma modular, pode adaptar diversos equipamentos de acordo com as missões.

O carro tem um braço de escavadeira articulado com capacidade para 1,3 m³ e peso de 4000 Kg. Possui também uma lâmina de 3,5 m de largura, com capacidade para movimentar 400 m3/h de terra. Possui, ainda, um guindaste com capacidade de suspender 32.000 Kg e um guincho com para 40 ton. Pode ser acoplado um detector de minas no lugar da lâmina, para abrir caminho através de campos minados.

A blindagem é semelhante a do Leopard 2, com proteção passiva ou reativa que pode ser ajustável conforme a necessidade do teatro de operações. Contra minas terrestres, suporta o equivalente a 10 Kg de TNT em qualquer lugar do casco, possui também proteção química, biológica, radiológica e nuclear (DQBRN). Essa blindagem se mostrou satisfatória durante operações no Afeganistão, Iraque e na região dos Balcãs.

Pode ser equipado com uma metralhadora 12,7 mm para defesa do carro, com a opção de ser montada sobre uma estação remotamente controlada.

O veículo é equipado com um motor a diesel MTU MB 873 Ka 501 turbocomprimido de 46,7 litros, que desenvolve 1500 Hp, com uma unidade de potencia auxiliar de 17 Kw, acoplado na transmissão eletro-hidráulica Renk com 4 marchas a frente e 2 a ré. Pode transpor vaus de 2 metros de profundidade.

 

DIMENSÕES, PESO E MOBILIDADE

 

Peso

Velocidade

69,25 ton

68 km/h

Comprimento

Motor

9,26 m (resgate) – 10,5 m (engenharia)

MTU MB 873 Ka 501 1500 hp

Largura

Guarnição

3,54 m (resgate) - 3,54m (engenharia)

3

Altura

Autonomia

2,78 (resgate) – 3,10 (engenharia)

450 km

 

Viatura Blindada Trojan – Reino Unido


1º Sgt Krusche – CI Bld

 

A Viatura Blindada Especial de Engenharia (VBE Eng) Trojan é um carro baseado no chassi modificado do Challenger 2. O desenvolvimento do primeiro protótipo iniciou em 2001 pela International Defense Company BAE Systems, na fábrica de Newcastle, e os primeiros carros começaram a ser entregues em 2006. Um total de 33 carros foram construídos para o exército britânico, e foram testados em combate no Afeganistão em 2009.

A principal missão do carro é criar brechas em campos minados, permitindo que unidades de assalto possam transpor rapidamente o obstáculo. Além disso, também é utilizado em outras diversas tarefas de engenharia, como limpeza, preparação e marcação de rotas, remoção de obstáculos, preparação de posições defensivas, colocação de obstáculos, minas anticarro, entre outras. Possui a capacidade de abrir brechas nos campos minados utilizando mangueiras explosivas conectadas ao foguete Phyton.

O veículo está equipado com uma lâmina que pode ser substiuída com rapidez por detector de minas, um braço de escavadeira, com concha de capacidade para 1m3 e que pode servir como guindaste com capacidade de elevação de 6,5 toneladas, e ainda um arado, que tem a finalidade empurrar as minas para fora do caminho.

Para proteção da tripulação de 3 militares, a VBE Eng possui a mesma proteção da VBCCC Challenger 2, e pode receber blindagem adicional. Possui excelente proteção contra minas terrestres, agentes químicos, biológicos, radiológicos e nucleares.

Para auto defesa, possui uma metralhadora Thales 7,62 mm e também lançadores de granadas de fumaça operados eletricamente, além de poder colocar sua própria cortina de fumaça injetando combustível diesel no escapamento em ambos os lados do casco.

O conjunto de força consiste em um motor turbo diesel Perkins CV 12 TCA, desenvolvendo 1200 Hp e caixa de marchas TN54 da David Brown. Possui uma Unidade de Potência Auxiliar (APU) que permite que todo os sistemas continuem funcionando mesmo com o motor desligado.

 

Figura 4: Viatura Trojan
Fonte: www.military-today.com
 
 

DIMENSÕES, PESO E MOBILIDADE

 

Peso

Velocidade

62,5 ton

59 Km/h

Comprimento

Motor

10,5 m

Perkins CV12 1200 Hp

Largura

Guarnição

3,5 m

3

Altura

Autonomia

3,5 m

450 km

 

 

 

Fontes:

https://www.armyrecognition.com/weapons_defence_industry_military_technology_uk/state_trials_for_new_russian_ubim_engineer_armored_vehicle_for_this_year.html
https://www.rbth.com/science-and-tech/329131-russias-new-mine-clearing-beast
http://www.military-today.com/apc/pizarro_ifv.htm
http://www.military-today.com
http://www.tanks-encyclopedia.com/modern/spain/Ascod-Pizarro.php/
https://armyrecognition.com/united_kingdom_british_army_light_armoured_vehicle/warrior_mcv80_aifv_armoured_infantry_fighting_vehicle_technical_data_sheet_specifications_pictures
https://armyrecognition.com/vehicules_blindes_legers_armee_francaise/amx-10p_amx10_p_description_pictures_picture_photo_image_french_light_infantery_armoured_armored.html#identification
https://armyrecognition.com/vehicules_blindes_legers_armee_francaise/amx-10p_amx10_p_description_pictures_picture_photo_image_french_light_infantery_armoured_armored.html
http://www.military-today.com/apc/kurganets_25.htm
http://www.tanks-encyclopedia.com/modern/Russian-Tanks.php

registrado em:
Fim do conteúdo da página