Ir direto para menu de acessibilidade.

GTranslate

Portuguese English Spanish

Opções de acessibilidade

Início do conteúdo da página

A Forja 73

Acessos: 1030

SISTEMA DE ARTILHARIA AUTOPROPULSADO ISRAELENSE ATMOS 2000 155 MM
2º Sgt Daian – CI Bld

             Diante de inúmeros conflitos armados modernos, face às novas perspectivas para os estrategistas militares que conduzem as manobras, surge a necessidade da adequação de meios de combate aos diversos cenários de conflitos bélicos. Ao longo do tempo, com as constantes disputas nos campos de batalha, houve a evolução das estratégias, do poderio militar e das várias estruturas que a eles estão associados, os quais foram assistidos pela Artilharia de Campanha.
             Sendo essa responsável por neutralizar o maior número de tropas inimigas, necessita ter maior mobilidade, adequar-se a determinados ambientes e situações operacionais. Segundo Frederico, o Grande: “É com fogo que se ganham as batalhas; logo, aumente sua Artilharia“.
             Com a inserção de novas tecnologias voltadas para a grande capacidade de poder de fogo de Artilharia, o Exército Israelense, em parceria com a Empresa Elbit Systems, desenvolveu o sistema autopropulsado de Artilharia sobre rodas ATMOS 2000, de 155 milímetros, com a finalidade de aumentar o apoio as tropas pelo fogo.
             O desenvolvimento do sistema ATMOS 2000, teve seu início revelado no ano de 1999, mas seus dados oficiais foram somente divulgados em 2001. Em 2006 teve, finalmente, o início de seus testes com o Exército Israelense, apesar de ter sua produção voltada para a exportação, despertando a atenção de países como Tailândia, conforme explica Genys (2006).
             A plataforma pode ser transportada em uma aeronave de transporte médio C-130 Hércules, não necessitando de outros tipos de meios de transporte que demandariam mais tempo em longas distâncias.
             O ATMOS 2000 conta com uma guarnição, para operação, de quatro a seis militares, incluindo dois carregadores, tendo um peso de aproximadamente 22 toneladas, com comprimento total (tubo travado para frente) de 9,5 metros, com altura de 3,24 metros e largura de 2,65 metros (Genys, 2006).

Figura 1: Sistema de Artilharia Autopropulsado Israelense ATMOS 2000
Fonte: https://thaimilitaryandasianregion.wordpress.com

             Mas para poder ter uma alta mobilidade este sistema possui um chassi de caminhão Tatra T815 VVN com tração 6x6, possuindo um motor diesel V-12 de 315 HP, acompanhado de uma transmissão de 10 velocidades com mudança de marchas assistida, atingindo uma velocidade máxima de 80 km/h com autonomia de 1000 km e possui a sua cabine protegida contra fragmentos de fogos de armas de pequeno calibre, conforme descreve Nonothai (2017).
             O ATMOS pode ser instalado em vários chassis de veículos de rodas de acordo com os requisitos do país que o adquire, fornecendo uma manobrabilidade estratégica muito maior, diminuindo o preço de aquisição, menor custo de vida e operação e manutenção mais fáceis do que os obuseiros sobre lagartas tradicionais.
             Nonothai (2017) esclarece que este Obuseiro de Artilharia possui um armamento de 155 milímetros de 52 calibres, munições compatíveis com o padrão OTAN, obtendo um alcance máximo de 41 km, possuindo uma cadência de três tiros em 15 segundos, cinco tiros por minuto e oitenta tiros por hora. Quando em posição para executar o tiro, duas grandes pás de estabilização operadas hidraulicamente são abaixadas na parte traseira do veículo em ambos os lados dando a estabilidade ideal para o disparo.
             Possui ainda um sistema Advanced Fire and Control System (AFCS) instalado, onde inclui sistemas de navegação e pontaria e computador balístico.

Figura 2:  Sistemas de Artilharia Autopropulsado Israelense ATMOS 2000
Fonte: https://www.army-technology.com/projects/atmos2000

             O AFCS exibe a informação do alvo, seleciona a carga e a elevação da arma e aponta na direção do alvo automaticamente.
             Com uma nova geração de projéteis de Artilharia, o ATMOS 2000 consegue, através dos 52 calibres que possui, utilizar desde projéteis mais antigos padrão M107 HE até projéteis com desempenhos de alcance operacional de uma munição moderna.
             Desta maneira, fica evidente a utilização de materiais de Artilharia mais modernos que possam acompanhar a evolução dos conflitos armados, tendo maior mobilidade, capacidade de fogo, rapidez, precisão e cadência de tiro apropriado ao apoio das unidades com a função de combate movimento e manobra, mantendo assim, a mística dos fogos largos, densos e profundos.

Figura 3: Sistema de Artilharia Autopropulsado Israelense ATMOS 2000
Fonte: https://thaimilitaryandasianregion.wordpress.com      

ARGENTINA ADQUIRE ARMAS ANTICARRO
1º Sgt Amaral - CI Bld

             O Exército Argentino anunciou a compra de 77 Canhões Sem Recuo (CSR) 84 mm Carl Gustaf M3, 34 lançadores AT4 CS HP HEAT todos da empresa suéca Saab Bofors Dynamics, além de sistemas de subcalibre e projéteis 7,62 mm, visando melhorar a sua capacidade de defesa anticarro.
             O CSR 84 mm Carl Gustaf M3 é utilizado por mais de 40 países, tem uma cadência 6 tiros por minuto, é operado por dois militares, e pode receber vários sistemas de pontaria como: ópticos, telescópicos, telêmetro a laser e intensificador de luminosidade. A versão M3 apresenta redução de peso e melhorias para atender o combate urbano. Projetado principalmente para ser empregado contra carros de combate e outros veículos blindados, o canhão se mostra muito eficiente também contra outros tipos de alvos estacionários, entre eles casamatas e edificações. Isso se deve a diversidade de munições que lhe é compatível, o sistema conta com munições HEAT (alto explosiva anticarro), multifunção e duplo emprego, antipessoal, iluminativas e fumígenas.

Especificações

Calibre

84 mm

Tipo

Portátil

Velocidade

250 m/s

Peso

10 Kg

Comprimento

1 m

Alcance eficaz

Depende da munição

Versões

M1, M2, M3 e M4

                            

Figura 1: CSR Carl Gustaf  M3 84 mm e suas respectivas munições
Fonte: http://howlingpixel.com/wiki/Carl_Gustaf_recoilless_rifle

              Além do CSR 84 mm Carl Gustaf M3, o Exército Argentino adquiriu o lançador AT4 CS. Esse canhão 84mm é uma arma anticarro (AC) portátil, sem recuo, tiro único e fácil de operar, tornando-se um dos armamentos AC mais utilizados no mundo. A versão CS (confined space) permite que o combatente empregue a arma com segurança em ambiente urbano (local fechado), pois utiliza-se da concentração de água salgada no final do tubo para absorver os gases de escape. Esta arma é empregada para destruir e/ou neutralizar veículos blindados e até mesmo fortificações, podendo perfurar, conforme com a sua versão, até 500 mm de blindagem.
             O pacote inclui também a compra de 4 simuladores de laser, sendo 2 para o sistema AT4 CS e 2 para CSR Carl Gustaf M3, estes simuladores poderão ser empregados no campo respeitando a ergonomia do sistema original, todos os parâmetros e sistemas de controle, simulação completa de tiro e de impacto, incluindo sons, coordenadas, quantidade de munição e sistema de destino.

Especificações

Calibre

84 mm

Tipo

Portátil

Velocidade

220 m/s

Peso

6,7 Kg

Comprimento

1 m

Alcance eficaz

300-500 m

Versões

HEAT, AST, ER, HE, HP e RS

Figura 2: Lança Rojão 84 mm (AT-4)
Fonte: https://www.armyrecognition.com

 

Fontes: http://www.janes.com/article/75305/argentine-army-buying-more-anti-tank-weapons, http://saab.com/land/weapon-systems/support-weapons/AT4/, http://saab.com/land/weapon-systems/support-weapons/Carl_Gustaf_M3/.

 



registrado em:
Fim do conteúdo da página