Ir direto para menu de acessibilidade.

GTranslate

Portuguese English Spanish

Opções de acessibilidade

Início do conteúdo da página

A Forja 65

Acessos: 596

BUMERANG: A NOVA FAMÍLIA DE BLINDADOS SOBRE RODAS DO EXÉRCITO RUSSO
Cap RIGO - CI Bld

             BUMERANG é uma família de blindados russos sobre rodas, 8x8, que irá substituir a Viatura Blindada Anfíbia de Transporte de Pessoal BTR-80. O chassi do BUMERANG é chamado de VPK-7829, sendo lançado inicialmente nas versões da Viatura Blindada de Combate de Fuzileiros (VBCFuz) K-17 e da Viatura Blindada de Transporte de Pessoal (VBTP) K-16. A blindagem do BUMERANG é toda em aço fundido, com possibilidade de aplicação de uma camada de blindagem adicional. O chassi foi desenvolvido com a capacidade de receber suspensão tipo MacPherson ou suspensão hidropneumática com regulagem de altura variável.

Figura 1: VPK-7829

             Na VBTP, o compartimento da tropa fica na retaguarda da viatura. A sua capacidade de transporte é para oito fuzileiros. Os bancos não são presos no chão e contém cinto de segurança com cinco pontos, o que dá ao blindado a capacidade de atenuar uma possível explosão causada por minas terrestres ou dispositivos explosivos improvisados (IED). Possui, ainda, uma rampa que abre rapidamente à retaguarda da viatura, propiciando um eficiente desembarque da tropa.
             A versão K-17 possui uma torre remotamente controlada idêntica a da VBCFuz T-15. Essa torre, chamada de Epoch Almaty, possui um canhão 30mm 2A42, com 500 tiros para uso imediato e uma metralhadora coaxial PKTM 7,62mm, com capacidade para realização imediata de 2000 disparos.
             Além disso, dois lançadores de míssil guiados por laser Kornet-EM são instalados, um a cada lado da torre. Um dos lançadores contém míssil com ogiva termobárica com sensores de proximidade do alvo e impacto. O outro lançador contém míssil com ogiva alto-explosiva anticarro (HEAT).
             O K-17 tem um peso bruto aproximado de 25 ton, um motor com 750 hp e transmissão automática, o que proporciona ao carro uma velocidade máxima de 100 Km/h e uma relação peso potência de 30hp/ton. A viatura ainda pode contar com o sistema Afganit de proteção ativa, muito parecido com o que está sendo instalado na Viatura Blindada de Combate Carro de Combate (VBCCC) T-14 Armata e na VBCFuz T-15.
             As outras possíveis versões da família BUMERANG são: Viatura Blindada Socorro; Viatura Blindada Ambulância; Viatura Blindada de Comando, Controle e Comunicações; Viatura de Guerra Eletrônica; Viatura de Apoio de Fogo; Viatura de Reconhecimento; e Viaturas Especiais de Comando (para artilharia, aviação e defesa antiaérea); e uma Viatura Leve de Reconhecimento.
             No momento, estão sendo realizados testes em um primeiro lote de seis viaturas e espera-se que a produção em escala industrial inicie em breve.

Fonte: Jane's Defense Weekly. More details of Russia's Bumerang emerge. 15 March 17. Vol 54. Issue 11, pág 15
https://www.reddit.com/r/MilitaryPorn/comments/33ko9z/newest_russian_wheeled_apc_boomerang_22001490/


VEÍCULO DE EXPLORAÇÃO E RECONHECIMENTO TERRESTRE (VERT) DO EXÉRCITO DA ESPANHA
Sgt JOSÉ LINO - CI Bld

             O Veículo de Exploração e Reconhecimento Terrestre (VERT), irá equipar em breve as unidades de cavalaria do Exército Espanhol. A nova viatura será utilizada pela seção de vigilância das unidades de cavalaria, que terão quatro veículos VERT integrados na mesma seção e um veículo de comando ainda por definir.
             O pleno desenvolvimento de suas capacidades táticas e de obtenção de informações, aliadas a capacidade de retransmissão de imagens em tempo real irá representar um avanço para a realização das missões típicas de cavalaria. A partir do recebimento de um protótipo do veículo para testes foi observado em todos os exercícios que o veículo representa uma capacidade a mais dentro do esquadrão. A nova plataforma se divide nos seguintes subsistemas:

Figura 2:Protótipo do veículo VERT
             Subsistema plataforma veicular: fabricado por uma empresa espanhola, com uma guarnição de 4 pessoas, e configuração 4X4, conta com um motor de 3200 cc. Pesa 8.250 kg e pode transportar 1.700 kg de carga útil. Possui uma altura livre do solo de 45 cm e tem uma capacidade de ultrapassar vau de 75 a 80 cm. Conta com proteção balística nível 3 e está dotada de Spallliners e proteção contra minas e IED, possui ainda um sistema contra incêndios e anti explosão, pode ser transportável como carga externa em um helicóptero Chinook.
             Subsistema SERT (sistema de exploração e reconhecimento terrestre): é um sistema polivalente capaz de cumprir com eficácia diferentes missões de exploração, vigilância e reconhecimento do terreno. Essas capacidades irão permitir a cavalaria a detecção e identificação de objetivos com mais facilidade mediante a obtenção, classificação e o processamento de imagens do campo de batalha, facilitando a mobilidade tática e a proteção.
             O sistema está composto por um pedestal eletro-ótico (EO) para exploração do campo de batalha com sensores tanto passivos como ativos. Permite realizar funções de vigilância, detecção e identificação de objetivos em condições diurnas e noturnas ou de visibilidade reduzida. O sistema de gerenciamento do campo de batalha (em desenvolvimento) está dotado de ferramentas automáticas e específicas para a missão (artilharia, cavalaria, inteligência, etc), estando completamente integrado com a observação de objetivos da unidade de manobra mediante o sistema de comando e controle e o Sistema de Ajuda a Navegação.

Figura 3: Estrutura do sistema de exploração terrestre

             Sistema de ajuda a navegação ao condutor: com a finalidade de dotar de operatividade todo o tempo o veículo, foi implementado um sensor infravermelho não refrigerado de alta resolução integrado com um sistema de navegação (inercial o GPS) que permite ao condutor ver ainda que em condições mínimas de visibilidade. Possui também um terminal de ajuda a condução (TAC), onde o condutor recebe toda a informação necessária do estado do veículo.
             Subsistema CIS: uma das partes mais complexas e com muita tecnologia são os meios de comunicação, devido a grande quantidade de informação que o sistema pode receber e transmitir. O sistema possui equipamentos para transmitir e receber informações de voz e dados, imagens e voz, dados e vídeos via Internet.
             Subsistema de armamento, o protótipo do veículo VERT apresentado está dotado com uma estação de armas Mini-Sansom (RCWS) remotamente controlada de 12,7 mm para auto proteção.
Figura 4: Protótipo do veículo VERT

Fonte: Revista Memorial de Caballería, nº 82 – páginas 64 a 70, de dezembro de 2016 2ª Época, disponível em: <http://www.ejercito.mde.es>

registrado em:
Fim do conteúdo da página