Ir direto para menu de acessibilidade.

GTranslate

Portuguese English Spanish

Opções de acessibilidade

Início do conteúdo da página

A Forja 67

Acessos: 727

VIATURA BLINDADA DE COMBATE ALTAY AHT
Cap MATOZO-CI Bld

             A empresa de defesa turca OTOKAR apresentou, na 13ª Feira Internacional de Indústria de Defesa - IDEF 2017, uma versão modificada da VBCCC Altay, batizada de Altay AHT. A sigla AHT vem do turco “ASİMETRİK HARP TANKI”, que, em tradução livre, significa VBC para guerra assimétrica. A tradução para o inglês feita pela própria OTOKAR definiu a versão AHT como “viatura blindada de combate para operações urbanas”.
             As modificações apresentadas no Altay AHT são fruto da experiência turca nos combates da Síria e Iraque, onde o exército turco sofreu algumas baixas em seus carros de combate por impactos de armas anticarro. Dessa forma, o foco do desenvolvimento do projeto foi o aumento da sobrevivência da VBCCC em um ambiente híbrido e assimétrico, onde métodos e forças não convencionais são amplamente utilizados. As diferenças entre o Altay e sua versão AHT estão, basicamente, na adoção de equipamentos visando à sobrevivência no combate urbano, no incremento da blindagem e na utilização de barras de torção nos trens de rolamento.

Figura 1: VBCCC Altay e VBCCC Altay AHT 
            Dotou-se o AHT com um sistema de observação elevado YAMGÖZ (elevated observation system – EOS), montado sobre uma estrutura telescópica, que permite ao comandante da viatura uma melhor consciência situacional, com visão em 360º. Esse aparato opera em conjunto com o sistema de armas remotamente controlado (SARC), o mesmo empregado na versão original do Altay. O SARC pode utilizar uma metralhadora calibre .50 ou calibre 7,62mm, ou então um lançador de granadas 40mm. Um jammer (bloqueador/interferidor de sinal) foi instalado na viatura visando a impedir a destruição da viatura por dispositivos explosivos improvisados (IED) acionados remotamente.
            Quanto à proteção, foram adicionadas placas de blindagem reativa explosiva (ERA) na parte frontal e lateral do chassi e torre; e blindagem tipo gaiola na porção traseira da viatura. O objetivo desse incremento é reduzir/anular as ameaças de armas anticarro convencionais ou guiadas, tradicionais no ambiente de combate assimétrico.
            Complementando o aumento da blindagem, aplicaram-se na VBC alguns sistemas de proteção, tais como: o sistema de alerta laser (laser warning systemLWS), que informa ao comandante do carro de combate quando sua VBC estiver sob feixe laser, seja de uma arma anticarro ou viatura blindada inimiga; e o gunshot detection system, capaz de detectar ameaças tipo caçador (sniper). Dependendo da configuração escolhida pelo operador da VBC, o sistema responde automaticamente empregando fumígenos (modo soft-kill), ou direcionando a torre, o EOS ou o SARC para a ameaça detectada. Tal sistema permite uma resposta rápida e eficaz frente às ameaças nos combates em área humanizada.
            Uma lâmina tipo dozer foi instalado à frente da VBC, e operada pelo motorista, pode ser direcionado e cumprir missões de remoção de obstáculos, preparação de posições ou fechamento de trincheiras obstáculos ao carro de combate. Cabe ressaltar que boa parte da tecnologia empregada na construção do Altay e na adaptação à versão AHT é oriunda de empresas turcas. A ASELSAN foi responsável pelos sistemas de controle de fogo, eletrônica embarcada e o SARC, entre outros dispositivos; a ROKETSAN forneceu o sistema de proteção e a própria OTOKAR desenvolveu as estruturas blindadas de chassi e torre.

Figura 2: VBCCC Altay AHT

Fonte:
www.otokar.com, www.idef.com.tr, www.armyrecognition.com e www.ihs.com/janes

VIATURA BLINDADA DE COMBATE KAPLAN MT
Sgt JOSÉ LINO - CI Bld

            A Viatura Blindada de Combate KAPLAN MT é um projeto em desenvolvimento conjunto pelas empresas FNSS turca e a indonésia PT Pindad. Considerado um blindado moderno de peso médio, teve seu protótipo pronto para testes exibido na 13ª Feira Internacional de Indústria de Defesa - IDEF 2017. O KAPLAN MT possui uma capacidade de fogo direto preciso, além de ampla gama de seleção de munições para seu canhão 105mm. Seu peso médio de 35 toneladas proporciona maior mobilidade tática e estratégica se comparados aos principais carros de combate pesados existentes hoje no mundo.
            O KAPLAN MT tem seu motor na retaguarda da viatura, e possui uma relação potência/peso de cerca de 20 HP/ton. A fim de otimizar o consumo de combustível e diminuir a temperatura do motor, equipou-se a viatura com um sistema avançado de refrigeração, que inclui um ventilador hidráulico gerenciado por software. A transmissão automática é controlada digitalmente. Os trens de rolamento são compostos de seis rodas de apoio, saias de proteção laterais e lagartas duplas fixadas às tradicionais barras de torção. A VBC possui uma torre CMI Cockerill 3105, equipada com um canhão de 105 mm Cockerill de alta pressão, alma raiada e carregamento automático. Possui, ainda, uma Mtr 7.62 mm Coaxial como armamento secundário. Esse sistema, totalmente elétrico, garante ao KAPLAN MT um grande poder de fogo, apesar de seu peso relativamente baixo. A possibilidade de elevação do canhão de -10º a 42º é muito útil nas operações em ambientes humanizados.

Figura 1: Kaplan MT na IDEF 2017
            O comandante localiza-se à esquerda e o atirador à direita da torre. Um periscópio de busca exclusivo para o Cmt permite à VBC engajar alvos mais rapidamente através da técnica de hunter/killer. O interior do veículo foi cuidadosamente construído, tendo em conta a ergonomia da guarnição e as diferentes condições táticas, incluindo a condução da viatura, execução de tiro, e carregamento de munição. Um tipo especial de assento para o motorista permite que o condutor tenha um campo de visão adequado e acesse todos os equipamentos do seu compartimento.
            O KAPLAN MT também é equipado com um sistema de gerenciamento de campo de batalha, sistema de alerta laser e um sistema de câmeras que garante ao comandante uma consciência situacional em 360º.
           Com proteção balística e anti-minas elevada para sua classe, o KAPLAN MT fornece poder de fogo adequado contra as ameaças do campo de batalha, com grande velocidade de resposta, dentro de um curto período de tempo. Isso, por sua vez, garante superioridade de sobrevivência no campo de batalha.

Figura 2: Protótipo do Kaplan MT
  
Características gerais:
- Guarnição: 3 integrantes, (motorista, atirador e comandante)
- Sistema de alerta laser (LWS) com acionamento automático de granadas fumígenas.
- Sistema de Proteção QBRN com ar condicionado para a Gu Bld
- Proteção contra minas (Underbelly Mine Protection)
- Sistema automático de extinção de incêndios
- Sistema de câmeras em 360º - Sistema de intercomunicação sem fio
- Unidade de força auxiliar – APU - Sistema de monitoramento das baterias
- Gerenciamento de Campo de Batalha (GCB)
- Velocidade máxima da estrada: 70 km/h
- Autonomia: 450 Km - Comprimento: 7,0 m
- Largura: 3,2 m - Altura: 2,7 m
- Obstáculo vertical: 0,90 m
- Obstáculo horizontal: 2,00 m
- Transposição de vau: 1,2 m
- Condições de Operação:
- 18 ° C / + 55 ° C


Fonte: http://www.janes.com/article/70297/idef-2017-prototype-kaplan-mt-medium-weight-tank-completed e https://www.fnss.com.tr/en/product/kaplan-mt

registrado em:
Fim do conteúdo da página